ANGELO RONCALLI NÃO ERA UM CONSERVADOR



O Papa João XXIII segundo informações de Paul Johnson foi investigado pelo Santo Ofíco durante a década de 10 e 20 do século XX por envolvimento com o modernismo:

"Foi aí que começou o terror antimodernista conduzido em muitos estabelecimentos de ensino católico, sobretudo seminários.Houve um grande número de vítimas que tiveram suas carreiras eclesiásticas arruinadas e muitos suspeitos de modernismo cujas futuras nomeações foram afetadas [...]um deles foi Angelo Roncalli então no seminário de Bérgamo que ignorou as informações armazenadas a seu respeito até 1958 quando se tornou Papa e teve acesso aos arquivos do Santo Ofício." (JOHNSON, Paul. História do Cristianismo, ed. Imago, p.575.)

A suspeita de modernismo é confirmada também na obra "Tú eres Pedro: el papado en la historia" de Mario Madrid-Malo Garizábal. Os nomes de Roncalli e Montini suscitavam sérias resistências como papáveis. Bom, o desdobramento dos acontecimentos confirmam as suspeitas...

Angelo Roncalli, futuro papa João XXIII disse:
"Se querem um conservador, escolham Ruffuni. Se querem um diplomático, escolham a Montini. Enquanto a mim..." (GARIZÁBAL, p.446)

Clique para ler


Fé, História, Filosofia e Literatura

About this blog

Follow by Email

Seguidores

Archivo del blog