WILLIAM BUTLER YEATS E A VINDA DO ANTICRISTO


"Toda a história do século XX -- e a do começo deste XXI -- já estava contida, sinteticamente, no poema The Second Coming , publicado por William Butler Yeats em 1919. O falcão que se desgarra do falcoeiro, o eixo do mundo que oscila e não consegue conter o giro frenético dos estilhaços subitamente dotados de vida independente, a luz demoníaca do Spiritus mundi que se levanta no horizonte ofuscando o olhar humano para que não atine mais com a visão de Deus e, por fim, o Anticristo que na forma de um bicho rasteja até Belém para nascer – nunca a tragédia de uma civilização inteira foi resumida de maneira tão nítida em tão poucas linhas, exatamente vinte e duas. Mas o que mais me impressiona nesse compactado de profecias são os versos: “ The best lack all conviction, while the worst are full of passionate intensity ”: aos melhores falta toda convicção, enquanto os piores estão cheios de intensidade apaixonada. É a psicologia completa do homem contemporâneo, inflado de entusiasmo moralista na defesa do crime e da mentira, paralisado por doentia escrupulosidade céptica ante o apelo da razão e da verdade." (Olavo de Carvalho, Poesia e Profecia, O Globo, 11 de setembro de 2004)


Fé, História, Filosofia e Literatura

About this blog

Follow by Email

Seguidores

Archivo del blog