UMA ORGANIZAÇÃO TEOSÓFICA DENTRO DA ONU



A RELIGIÃO DA ONU
ORGANIZAÇÃO ESOTÉRICA ‘NEW AGE’ ATUA DENTRO DAS NAÇÕES UNIDAS

A 'LUCIS TRUST'

A Lucis Trust foi fundada em 1922, originalmente com o nome de Lucifer Trust, por Alice Bailey, como uma firma editorial para disseminar os livros teosofistas de Alice Bailey e de Helena Blavatsky. Em 1923, Bailey alterou o nome da editora para Lucis Trust, pois Lucifer Trust revelava de forma clara demais a verdadeira natureza do movimento de Nova Era.

'WORLD GOODWILL'

A BVM (Boa Vontade Mundial) é uma organização não governamental acreditada junto do Departamento de Informação Pública das Nações Unidas (ONU). Mantém relações informais com algumas das Agências Especializadas e com um vasto círculo de organizações não governamentais nacionais e internacionais.

A BVM, “World Goodwill” é uma atividade da Lucis Trust, integrada na Lista do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas. A BVM pretende 'ajudar' a mobilizar a ‘energia’ da Boa Vontade e a construir ‘corretas’ relações humanas. Foi estabelecido em 1932 como uma atividade de serviço da Fundação Lucis (Lucis Trust).

RESUMINDO...

A BOA VONTADE MUNDIAL é reconhecida pelas Nações Unidas como Organização Não Governamental e é representada nas sessões de informação na sede das Nações Unidas. A LUCIS TRUST está na lista do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas. A LUCIS TRUST é uma organização NEW AGE. A Lucis Trust imprime e difunde material New Age para as Nações Unidas.

PATROCÍNIOS

A Lucis Trust é patrocinada, entre outros, por Robert McNamara, ex-ministro de Defesa dos EUA, presidente do Banco Mundial, membro da Fundação Rockefeller. Além da ONU e Fundação Rockefeller, outros patrocinadores da Lucis Trust são as seguintes organizações: Greenpeace Internacional, Greenpeace EUA, Anistia Internacional e UNICEF.

Sri Chinmoy, o guru New Age, líder de meditação na ONU, escreveu:

“A ONU é o instrumento escolhido por Deus; ser um instrumento escolhido por Deus significa ser um mensageiro divino”

William Jasper, autor de "A New World Religion" (Una Religión de Nuevo Mundo) descreve a religião da ONU como:

“…uma estranha e diabólica convergência de misticismo New Age, panteísmo,ateísmo animista aborígene, comunismo, socialismo, ocultismo luciferiano...”


A CONFISSÃO

“Dentro da ONU está o germe e a semente de um grande grupo internacional de meditação e reflexão – um grupo de pensadores bem informados, em cujas mãos está o destino da Humanidade. Eles estão sob o controle de muitos discípulos do ‘quarto raio’ [...] e seu foco é o plano de intuição Búdica – o plano que comanda toda atividade hierárquica” (Alice B. Bailey, Discipleship in the New Age, Lucis Press, 1955)


Fé, História, Filosofia e Literatura

About this blog

Follow by Email

Seguidores

Archivo del blog