O MUNDO NO AVESSO POR TIÃO CARREIRO E PARDINHO

Tião Carreiro e Pardinho 1986 - mundo no avesso

O mundo já está no avesso, no avesso eu dou embalo
Carneiro comendo leão e o pinto matando galo
Cavaleiro vai por baixo, por cima vai o cavalo
É sapo engolindo cobra e o coco quebrando ralo

É mulher virando homem, homem virando mulher
Do jeito que o diabo gosta
Tá... do jeito que o diabo quer

O mar não esta pra peixe, a vida tá um caso sério
E eu já estou vendo defunto indo a pé pro cemitério
O touro mata o toureiro, o soldado prende o sargento
Banana come o macaco e a cobra morde São Bento

É mulher virando homem, homem virando mulher
Do jeito que o diabo gosta
Tá... do jeito que o diabo quer

Já tem criança nascendo cobre enfermeira no tapa
Onde e que nos estamos, tentaram matar o papa
A cruz foge do diabo, cachorro foge do gato
Tem queijo treinado boxe pra quebrar a cara do rato

É mulher virando homem, homem virando mulher
Do jeito que o diabo gosta
Tá... do jeito que o diabo quer

Qualquer dia a lua esquenta, qualquer dia o sol esfria
O sol vai andar de noite, caminha a lua de dia
O inquilino não paga e na casa continua
Empregado já tem força pra jogar o patrão na rua

É mulher virando homem, homem virando mulher
Do jeito que o diabo gosta
Tá... do jeito que o diabo quer


Fé, História, Filosofia e Literatura

About this blog

Follow by Email

Seguidores

Archivo del blog