ANGEL MIRETE PINA: DA PESSOA DO ANTICRISTO NO SENTIR COMUM DOS SANTOS PADRES E DO COMUNISMO



"Este homem de pecado é identificado por alguns com o Anticristo, com maiúscula, como escreve J. M. Bover, para quem

'é, segundo o sentir dos Santos Padres e teólogos, uma pessoa, não uma coletividade ou instituição ou tendência personificada, como tem pretendido alguns modernos: ainda que, claro está, a pessoa do Anticristo concentrará em si e representará uma tendência e uma coletividade. Esta tendência parece, será um ateísmo militante e comunista, mais radical e exacerbado do que até agora se conheceu, encarnado numa personalidade irresistívelmente fascinadora e avassaladora e satânicamente orgulhosa, frente a qual resultaría pálida a figura de um Lênin.' "
(DR. ÁNGEL MIRETE PINA, 666. APOCALIPSIS I A XIII: UNA PROFECÍA CUMPLIDA, ED. ENCUENTRO, 1998, p. 70-71)


Fé, História, Filosofia e Literatura

About this blog

Follow by Email

Seguidores

Archivo del blog