A BARBÁRIE COMUNISTA NA CHINA DE MAO

Clique para ler


Clique

Clique

Clique


***

“A Revolução diz que fez um homem novo, e em certo sentido fez mesmo. O homem bárbaro tinha seus vícios misturados com virtudes; o homem civilizado tinha suas virtudes misturadas com vícios; ela criou o bárbaro da civilização, que tem os vícios da civilização e não tem mais as virtudes da barbárie”. (Louis Veuillot)




Fé, História, Filosofia e Literatura

About this blog

Follow by Email

Seguidores

Archivo del blog